Como iniciar uma estratégia de marketing digital para o agronegócio?

Como iniciar uma estratégia de marketing digital para o agronegócio?

Após compreendidas as nuances relacionadas ao marketing digital voltado para o agronegócio, é hora de saber como iniciar uma solução de marketing.

Acompanhe o passo a passo para uma atuação de sucesso na internet:

Ter um site

O 1º passo para construir uma estratégia online é criar um site da empresa.

Ele deve respeitar as boas práticas indicadas pelos mecanismos de busca, como:

  • ter conteúdo relevante;
  • ser responsivo para dispositivos mobile;
  • ser intuitivo para o usuário;
  • e outras características referentes ao design e à navegabilidade.

SEO

A otimização para mecanismos de busca — ou simplesmente SEO — representa as boas práticas executadas no site para que palavras-chaves relevantes para a companhia sejam bem posicionadas nos mecanismos de busca.

Por exemplo: uma fazenda que produz leite pode otimizar termos relevantes para o público, como:

  • embalagem do leite;
  • gado de leite;
  • gado leiteiro;
  • processamento de leite;
  • qualidade do leite;
  • entre outros.

Ou até mesmo quando a persona for um produtor agrícola também, com temas como seguro agrícola, manutenção de máquinas e cuidados com o gado.

Isso faz com que os potenciais clientes encontrem mais facilmente informações úteis sobre o segmento, os produtos e a empresa.

Produção de conteúdo

Muitas companhias do agronegócio já são produtoras de conteúdo, mas não divulgam esses materiais de forma acessível para o público.

Uma das bases de uma atuação online sólida é por meio da produção de conteúdo inédito e próprio.

Um blog corporativo no site é uma das oportunidades de atração de mais visitantes. Ele também é útil para educar e qualificar o público interessado.

Uma empresa de genética, por exemplo, pode criar conteúdos de blog e materiais ricos, como e-books e whitepapers sobre temas como:

  • melhoramento genético;
  • protocolo de inseminação;
  • quando optar pela inseminação artificial de bovinos;
  • e outras questões de interesse dos clientes.

Desenvolver o funil de vendas

O funil de vendas é formado pelas etapas de decisão de compra de um potencial cliente. Ele é dividido em:

  • topo do funil: o visitante ainda não identificou o problema que possui;
  • meio do funil: o lead está considerando as soluções para o problema identificado;
  • fundo do funil: o consumidor define qual empresa melhor atende às demandas dele.

Ao identificar essas 3 etapas, é possível criar conteúdos e abordagens específicos para cada uma delas, melhorando a experiência do consumidor com a empresa, convertendo mais leads, aumentando as vendas e, por fim, fidelizando o cliente.

O marketing digital oferece diversas oportunidades para o agronegócio, melhorando os resultados em vendas e consolidação da marca.

Deixe uma resposta